Curta e Siga


Dá para prevenir a Artrose?






É o motivo da maioria das dores articulares entre adultos com mais de 50 anos. O nível de desconforto é tal que condiciona o dia a dia e limita as atividades normais do indivíduo, que se vê por vezes obrigado a afastar-se da sua atividade laboral.

O problema surge da má saúde das articulações que são mais sensíveis e desgastam-se mais rápido do que o suposto.

Além do envelhecimento estar ligado ao desgaste natural das articulações, há também outros fatores de risco relacionados à osteoartrite, como a predisposição genética, exercícios de alto impacto articular, traumatismos de repetição e obesidade.

O motivo pode ser genético, e neste caso não tem como evitar a predisposição natural, contudo, a indústria farmacêutica tem trabalhado para combater este problema, com opções de medicação capaz de reduzir as dores, melhorar a flexibilidade articular, estabilizar o processo inflamatório e impedir a progressão da doença.

Mas a par do contexto genético, a artrose pode advir de exercícios de alto impacto articular, traumatismos de repetição ou obesidade – casos em que a culpa é do próprio indivíduo que desta forma esforça em demasia todo o corpo, articulações inclusive. Como meio de evitar as dores, os mesmos medicamentos anteriormente referidos poderão ser um apoio, contudo, a prevenção é essencial para se evitar este mal que, em certos níveis, torna-se um caminho sem retorno. Um estilo de vida saudável a qualquer idade é essencial para evitar tais problemas, mas especialistas não deixam de referir que também a má prática de exercício físico pode levar ao mesmo resultado negativo.

No caso de sentir dores constantes, procurar a ajuda de um especialista é por isso essencial, por vezes corrigir a postura ou optar por um calçado de corrida mais indicado ao seu tipo de passada, durante a corrida, pode ser tudo o que precisa para 'fugir' da artrose.

Acesse o blog de Fisioterapia na Reumatologia


Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!
Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!