Atividade Física traz o desgaste das articulações?









Com o envelhecimento, a cartilagem que reveste os ossos internamente e a membrana sinovial se deterioram. Os ossos entrem em contato e se atritam, causando dor ou a conhecida artrose. Isso ocorre com todas as pessoas, sendo elas atletas, esportistas ou sedentários, possui forte influência genética, mas nem todo mundo desenvolve sintomas que incluem dor, inchaço, perda de mobilidade e deformidade.

Em outras palavras: todos passarão por isso em algum momento da vida. Poucos apresentarão sintomas. Poucos estudos abordando o desgaste da cartilagem articular nos esportes foram realizados. A teoria de que quanto mais se pratica esportes, mais se acelera a degradação da cartilagem é motivo de debates calorosos em congressos de medicina do esporte. Os processos de adaptação funcional ao esporte são descritos durante o desenvolvimento do sistema nervoso central, órgãos internos e nos tecidos com funções mecânicas primárias, como os músculos e os ossos.

Durante as atividades diárias normais (caminhadas), a cartilagem patelar sofre uma compressão média de 2 a 8%, quando comparada a situações de repouso sem carga. Exercício intenso pode acrescentar 2 a 8% na média de compressão aos valores encontrados durante as atividades físicas normais.

Há ainda muita discussão sobre esse assunto. Enquanto não há uma definião, é importante manter as dicas para um bom cuidado das articulações:

  • Controle do peso: articulações como o joelho podem receber de três a cinco vezes o peso do indivíduo em uma aterrissagem, por exemplo.
  • Mantenha o fortalecimento e o alongamento direcionados para esporte que você pratica. Na corrida de rua, por exemplo, um bom trabalho de fortalecimento excêntrico do músculo anterior da coxa (quadríceps) aliado ao fortalecimento de grupos musculares do quadril é fundamental.
  • Evite sobrecarga articular através de picos de treino, ou seja, exageros repentinos que podem fazer com que você exceda os limites fisiológicos da articulação.

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!