Musculação para artrose









Doença reumática mais comum na população com mais de 65 anos, a osteoartrite, também conhecida como artrose ou osteoartrose, é uma das causas mais frequentes de dores articulares entre idosos. Até poucos anos considerada uma doença progressiva e sem possibilidade de tratamento, hoje a medicina sabe que a osteoartrite pode ter seus efeitos reduzidos com a prática de exercícios físicos regulares sob orientação especializada.

Estudos médicos mostram que a prática regular de atividades físicas pode alterar a evolução da doença, reduzindo os sintomas e melhorando a funcionalidade. O princípio é simples: fortalecendo o aparelho musculoesquelético dos idosos, é possível controlar a dor, devolver ao indivíduo a independência de movimentos e garantir melhor qualidade de vida.

Quem sofre de osteoartrite pode fazer exercícios de musculação (resistido), aeróbicos e de flexibilidade. Recomenda-se para idosos a prática de musculação em aparelhos com sistemas de alavanca, em função do maior conforto e segurança. Para iniciantes, é aconselhável o trabalho de fortalecimento e consciência corporal com acompanhamento de profissionais qualificados e em academias ou clínicas especializadas.

A realização de movimentos perfeitos é fundamental para o treino. A técnica correta, assim como o controle do movimento em toda a sua amplitude, são fatores decisivos para evitar lesões articulares e musculares. O treino aeróbico pode ser realizado com caminhadas, desde que o idoso tenha força muscular suficiente, a fim de evitar desequilíbrios e quedas durante a prática. A alternativa é o treino em bicicletas ergométricas ou outros equipamentos que reduzam o impacto sobre as articulações.

Entretanto, faço questão de alertar: em grupos com características especiais, como idosos e portadores de osteoartrite, é fundamental o acompanhamento de profissionais das áreas de Saúde e de educação física com formação específica para este atendimento. É esta supervisão de um profissional qualificado que garantirá a realização dos exercícios com segurança cardiovascular e evitará lesões.

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!